“Atletas já qualificados, treinadores, oficiais, juízes e árbitros receberam a primeira dose da vacina, numa operação realizada em Lisboa e no Porto, em conjugação com o grupo de trabalho (‘task force’) criado pelo Governo para a gestão do processo”, lê-se no comunicado do COP.

Foram vacinados atletas, treinadores, oficiais, juízes, árbitros e da organização da Missão Portugal, num total de 99 pessoas, de 16 modalidades, casos de atletismo, canoagem, ciclismo, equestre, ginástica, judo, natação, remo, râguebi, skate, ténis, ténis de mesa, tiro com armas de caça, triatlo, vela e voleibol.

“Posteriormente” serão vacinados os representantes das modalidades de andebol e futebol, rematou o COP.

Portugal conta 58 vagas asseguradas nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, que vão ser disputados entre 23 de julho a 08 de agosto de 2021, depois de terem sido adiados devido à pandemia de covid-19.

Na quarta-feira, o presidente do Comité Paralímpico de Portugal (CPP), José Lourenço, disse à agência Lusa que a vacinação da Missão lusa aos Jogos Paralímpicos ia decorrer até quinta-feira, envolvendo 60 a 80 pessoas, entre atletas, treinadores, guias, assistentes de competição e direção da missão.

Os Jogos Paralímpicos Tóquio2020, que também foram adiados em um ano, vão realizar-se entre 24 de agosto e 05 de setembro.

Na 10.ª participação consecutiva em Jogos Paralímpicos, Portugal já conta com a presença assegurada de 27 atletas em seis modalidades: boccia, atletismo, natação, ciclismo, canoagem e equitação.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.