A cenoura, a batata-doce, o feijão, o pimento vermelho, os cogumelos, a aveia, a carne de aves e os peixes gordos são alguns dos alimentos saudáveis que deve ingerir no inverno para reforçar as suas defesas e melhorar a sua saúde. "É normal que, com a chegada do frio, a temperatura corporal desça e o organismo peça alimentos mais calóricos, como é o caso dos hidratos de carbono e dos açúcares", alerta, todavia, o Cardio 365º, um projeto informativo multiplataforma que ensina a prevenir as doenças cérebro-cardiovasculares.

Para contrariar essa tendência, deve privilegiar o consumo de "alimentos saborosos e carregados de vitaminas e minerais que ajudam a combater gripes e constipações ou até mesmo a contrariar a descida dos níveis de humor", recomenda um artigo que, para além dos ingredientes alimentares a ingerir nos meses mais frios do ano, como é o caso do queijo, das nozes e das sementes de abóbora, também aponta as frutas e os legumes que devem ser evitados nos períodos em que os termómetros das temperaturas mais descem.

1. Ervilhas

São um legume da primavera, que deve idealmente ser ingerido fresco nessa estação do ano. No inverno, as ervilhas que encontra no mercado são, na sua maioria, congeladas e é provável que contenham amido na sua composição, o que, apesar dos produtos congelados serem (quase) tão bons como os frescos, irá interferir no sabor e até no seu valor nutricional, defendem especialistas.

2. Morangos

Os morangos são outra fruta sazonal. Se os encontrar à venda nesta época do ano, é provável que sejam importados. Durante o transporte e o armazenamento, esta fruta pode perder parte do seu teor de vitamina C. É, por isso, preferível, neste caso, optar pelas versões congeladas. Quando os morangos são congelados e embalados no auge da sua frescura, preservam todo o sabor e também toda a composição nutricional.

3. Espinafres embalados

As embalagens de saladas e verduras pré-lavadas já prontas a comer podem ser práticas mas não são as melhores opções se pretende tirar partido dos seus nutrientes, alertam inúmeros nutricionistas. O processo que prolonga a vida útil destes vegetais pode diminuir o seu teor nutricional, nomeadamente de vitamina C, uma das vitaminas mais essenciais em períodos de frio e chuva.

4. Espargos

É comum vê-los nas bancas de vegetais. Estão, por norma, disponíveis durante todo o ano, mas é durante a primavera que são mais saborosos. Os espargos de inverno são, habitualmente, importados de países longínquos, como o Peru e a China, pelo que, após horas e horas de viagem e de armazenamento refrigerado, nem sempre se encontram no seu melhor estado nutricional.

5. Pêssegos

Sabem melhor durante o verão, que é o tempo deles. Se encontrar pêssegos à venda durante os meses de inverno, resista à tentação de os comprar. É provável que sejam importados da América do Sul e, portanto, após muitas horas de transporte num ambiente de armazenamento refrigerado que nem sempre é o ideal, já não tenham a mesma qualidade no sabor nem as mesmas propriedes na composição nutricional.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.